Dossiês de Imprensa: Série ‘X’ da Opel: versátil, elegante e bem sucedida | Media OPEL Portugal

Dossiês de Imprensa: Série ‘X’ da Opel: versátil, elegante e bem sucedida

download-pdf
download-image
download-all
Ter, 10/07/2018 - 12:15


Capítulo:

Mokka X
Grandland X
Crossland X

 
  • Opel lidera vendas no segmento B-SUV na Europa, de janeiro a abril;
  • Um em cada quatro compradores de Opel na Alemanha escolhe um modelo da família ‘X’;
  • Opel Mokka X aproxima-se da marca das 900.000 encomendas;
  • Mais de 125.000 encomendas para o Opel Crossland X;
  • 85.000 encomendas para o Opel Grandland X;
  • Maioria dos motores da linha ‘X’ já cumpre a futura norma Euro 6d-TEMP.

 

Quem procura um SUV versátil e atraente encontra na Opel um leque de três soluções à medida de requisitos variados. A ‘família X’ da Opel é formada pelo aventureiro Mokka X, o versátil Crossland X e o dinâmico Grandland X. Embora as dimensões deste trio variem, há traços comuns bem evidentes - o estilo moderno, a posição elevada dos bancos que proporciona excelente visibilidade, e um conjunto completo de tecnologias avançadas. Estes argumentos alcançam uma audiência cada vez mais alargada. Na Alemanha, a Opel foi ‘Número 1’ em vendas de SUV nos primeiros cinco meses deste ano, de acordo com as estatísticas da KBA, a autoridade federal de veículos e transportes. Além disso, a marca de Rüsselsheim também liderou as vendas de SUV subcompactos (segmento B-SUV) na Europa, de janeiro a abril. Registe-se que, este ano, um em cada quatro clientes da Opel na Alemanha escolheram Mokka X, Crossland X ou Grandland X. Tal como consta do Plano PACE!, a Opel prevê que 40 por cento do seu volume de vendas esteja neste rentável mercado no ano de 2021.

«Estes dados provam que, com a nossa ‘família X’, estamos muito bem apetrechados para ir ao encontro da procura crescente de SUV. São modelos diferentes entre si mas todos traduzem valores essenciais da Opel sob a forma de equipamentos inovadores, propostos a preços que estão ao alcance, logo, a uma base alargada de pessoas», afirma o Diretor-Geral de Marketing e Vendas, Peter Küspert.

Precursor - o aventureiro Opel Mokka X

A história de sucesso da ‘Família X’ inicia-se em 2012 com o lançamento do inovador Opel Mokka. O modelo com maior longevidade na gama SUV da marca, que foi fundador do segmento de SUV subcompactos, posiciona-se logo acima do Crossland X e é um verdadeiro ’bestseller’. A Opel prepara-se para celebrar a encomenda 900.000 do Mokka/Mokka X. Tal como todos os membros da série ‘X’, oferece uma longa lista de tecnologias inovadoras como faróis adaptativos AFL integralmente compostos de LED, indicação de distância para o veículo da frente, Alerta de Colisão Dianteira Iminente, Alerta de Saída de Faixa, bancos ergonómicos com aprovação AGR e conectividade de elevado nível compatível com Apple CarPlay e Android Auto graças à tecnologia de informação e entretenimento IntelliLink.

Para fazer jus à aparência mais robusta e aventureira, o Mokka X possui versões com tração integral adaptativa. O sistema, que assenta num diferencial multidisco controlado eletronicamente, consegue fazer de forma contínua - e impercetível - a distribuição de binário entre os eixos dianteiro e traseiro, de 100:0 a 50:50, consoante a situação de condução. Esta transmissão 4x4 ‘inteligente’ faz o Mokka X funcionar como um puro tração dianteira na maior parte das condições normais de utilização, sempre com a economia em mente. A tração integral é ativada automaticamente em situações em que o sistema deteta superfícies escorregadias, ao menor sinal de falta de tração. Isto representa um contributo decisivo para maximizar a tração e a estabilidade.

Versátil e espaçoso - o Opel Crossland X

O elemento mais compacto da ‘família X’ da Opel é o Crossland X. O sucessor do popular Opel Meriva tem vindo progressivamente a sair da sombra e ganha cada vez mais clientes graças ao ‘design’ atraente e à forma excelente como alia agilidade, funcionalidade, espaço e elegância. O Crossland X já superou a fasquia de 125.000 encomendas na Europa. Entre as tecnologias inovadoras que trouxe ao seu segmento contam-se os faróis LED, o ‘Head-up display’ e a câmara traseira 180º, a par de sistemas como Assistência Avançada ao Estacionamento, Alerta de Colisão Dianteira Iminente com deteção de peões e Travagem Automática de Emergência[1], Alerta de Fadiga do Condutor, Alerta de Saída de Faixa, Reconhecimento de Sinais de Trânsito e Alerta de Ângulo Cego. O Crossland X disponibiliza ainda evoluídos dispositivos de informação e entretenimento IntelliLink que são compatíveis com Apple CarPlay e Android Auto. As baterias dos telemóveis podem ser recarregadas através de indução.

O condutor e o passageiro da frente têm a vantagem de poder contar com bancos ergonómicos certificados pela agência AGR de especialistas em ergonomia. A Opel é a única marca a oferecer este nível tão elevado de conforto no segmento, precisamente com o Crossland X e o Mokka X. No que toca à versatilidade, a grande bagageira com capacidade que pode chegar a 520 litros sem rebater bancos joga um papel importante. Este valor é referência no segmento. Os passageiros de trás podem regular para a frente ou para trás a posição dos bancos traseiros, ora aumentando a capacidade da bagageira ou acrescentando espaço para pernas.

O mais recente - Opel Grandland X

O mais recente - e simultaneamente o maior - modelo da série ‘X’ da Opel é o Grandland X. Lançado na Europa imediatamente após o Salão de Frankfurt de 2017, em outubro, já recolheu um conjunto de 85.000 encomendas até hoje. Este SUV espaçoso e elegante é especialmente dinâmico na estrada, garantindo prazer de condução e segurança, qualquer que seja a condição do piso ou a época do ano. Isso é conseguido com o contributo do sistema IntelliGrip, destinado a otimizar a tração e a estabilidade. O Opel Grandland X também apresenta uma longa lista de sistemas sofisticados de assistência à condução, incluindo Alerta de Colisão Dianteira Iminente com deteção de peões e Travagem Automática de Emergênci[2], Alerta de Fadiga do Condutor, Assistência Avançada ao Estacionamento e Câmara 360º. Outros dispositivos opcionais como o Programador de Velocidade Adaptativo com função de paragem, que mantém a velocidade e a distância pré-selecionada para o veículo da frente, travando automaticamente até imobilizar completamente o automóvel ou acelerando quando necessário. Registe-se que o excelente nível de segurança do Opel Grandland X foi reconhecido com a classificação máxima de cinco estrelas nos testes Euro NCAP.

O patamar elevado de conforto é conseguido com recurso a bancos dianteiros ergonómicos AGR, volante aquecido e bancos dianteiros e traseiros aquecidos, entre muitos outros equipamentos e características. Também no Grandland X é possível encontrar sofisticados sistemas de informação e entretenimento IntelliLink que permitem a integração de ‘smartphones’ através de Apple CarPlay e Android Auto.

Denominador comum: motores eficientes

Características comuns ao trio ‘X’ da Opel são, como referido, conectividade, conforto, ergonomia, segurança e variadas tecnologias inovadoras disponibilizadas a preços acessíveis. Mas há mais, nomeadamente na área das motorizações. A maior parte dos motores que equipam os modelos ‘X’ já cumprem a futura norma Euro 6d-TEMP. Além de limitarem o impacte no ambiente, estes motores proporcionam também uma espécie de paz de espírito para os seus utilizadores, uma vez que será altamente improvável que estes veículos venham alguma vez a enfrentar limitações de circulação nas cidades.

As novidades Diesel mais recentes do Grandland X - o 1.5 Turbo D[3] de 130 cv e o 2.0 Turbo D[4] de 177 cv - já estão conforme a futura norma. Estes são dois propulsores turbodiesel especialmente eficientes, tal como a alternativa a gasolina 1.2 Turbo[5] de injeção direta, com 130 cv de potência, com caixa de seis velocidades manual, que também já está de acordo com o novo padrão. Esta combinação também está disponível no Opel Crossland X[6] .

Perante a popularidade intocável dos SUV e os bons resultados do trio da Opel até à data, a marca está apostada em reforçar o sucesso destes seus modelos nos próximos anos. Desta forma, assegurar que muitos dos motores que equipam a ‘família X’ já cumprem a norma Euro 6d-TEMP é apenas o início de uma estratégia que levará a Opel a novos campos em matéria de motorizações do futuro. O Grandland X tornar-se-á no primeiro Opel híbrido ‘plug-in’, assumindo papel de destaque no arranque do processo de ‘eletrificação’ dos modelos da marca. O Opel Grandland X PHEV (Plug-in Hybrid Electric Vehicle) começará a ser produzido na fábrica de Eisenach a partir de 2020.

 

[1] Funciona automaticamente a velocidades entre 5 e 85 km/h. No intervalo de 5 a 30 km/h, o padrão de desaceleração para reduzir a velocidade no impacto é de 0,9g. Entre 30 e 85 km/h, o sistema reduz a velocidade para 22 km/h. Para baixar desta fasquia terá de ser o próprio condutor a aplicar os travões. Os intervalos de funcionamento da Travagem Automática de Emergência dependem do tipo de obstáculo detetado (obstáculo móvel: de 5 a 85 km/h; fixo: 5 a 80 km/h; peão: 5 a 60 km/h). O sistema pode ser ligado ou desligado pelo condutor em qualquer altura.

[2] Funciona automaticamente a velocidades entre 5 e 140 km/h. Entre 5 e 30 km/h, o sistema consegue produzir uma desaceleração de 0,9g para minimizar o impacto da colisão. Entre 30 e 140 km/h o sistema trava para reduzir a velocidade num máximo de 50 km/h. Após este limite, o condutor precisa de acionar o pedal de travão para reduzir ainda mais a velocidade.

[3] Consumos (valores WLTP convertidos para NEDC para efeitos de comparação): urbano 4,7-4,4 l/100 km, extraurbano 4,0-3,8 l/100 km, misto 4,2-4,1 l/100 km, 110-108 g/km CO2

[4] Consumos (valores WLTP convertidos para NEDC para efeitos de comparação): urbano 5,3-5,3 l/100 km, extraurbano 4,6-4,5 l/100 km, misto 4,9-4,8 l/100 km, 128-126 g/km CO2

[5] Consumos (valores WLTP convertidos para NEDC para efeitos de comparação): urbano 6,1-6,1 l/100 km, extraurbano 4,9-4,8 l/100 km, misto 5,3-5,2 l/100 km, 121-120 g/km CO2

[6] Consumos (valores WLTP convertidos para NEDC para efeitos de comparação): urbano 6,2 l/100 km, extraurbano 4,6 l/100 km, misto 5,1 l/100 km, 117 g/km CO2

  • Contact :
  • Scott Stevens
    Tomé Miguel
    Diretor de Comunicação e Assuntos Institucionais
    Tel : (+351) 214 407 555
    Mobile : (+351) 214 407 547
    miguel.tome@opel.com
Scroll